quinta-feira, 16 de julho de 2009

Workshop "Direito de Autor" em Belo Horizonte antecederá seminário


Antecedendo ao seminário “Direito Autoral na Fotografia Brasileira”, o fotógrafo e advogado José Roberto Comodo Filho irá ministrar nos dias 28 a 30 de agosto de 2009, em Belo Horizonte, o workshop “Direito de Autor” que abordará os seguintes temas:

- O que é direito do autor?
- Aspectos patrimoniais e morais do Direito de Autor.
- Características e limites do Direito do Autor.
- Contratos de cessão e licença
- Como redigir e interpretar contratos de cessão e licença de direito do autor.
- O que é direito de imagem?
- Limites entre a liberdade de imprensa e o direito à intimidade (questão “paparazzi”).
- Dúvidas recorrentes: fotografia em locais públicos, fotografia de personalidades, fotografia de imóveis privados, o fotojornalismo e as autorizações para uso de imagem, a fotografia publicitária e o crédito autoral, o direito do autor no tratamento e na manipulação digitais da fotografia.
- Instrumentos jurídicos para defesa do direito do autor e do direito de imagem.
- Estudo de “cases” e debate de questões colocadas pelos alunos.

As vagas são limitadas.

Para melhor aproveitamento por parte dos interessados, a partir do dia 10 de agosto o conteúdo do curso será disponibilizado via internet para todos os inscritos. Além disso, será disponibilizado um endereço de e-mail para o qual os participantes poderão enviar suas dúvidas para o Dr. Comodo. As questões levantadas serão trazidas para discussão e esclarecimento no decorrer do workshop.


O Dr. José Roberto Comodo Filho é advogado especialista em Direito Autoral, e também fotógrafo, sendo sócio-proprietário da Riguardare Scuola di Fotografia, sediada na cidade de São Paulo.

Valor do investimento:
Valores promocionais para inscrições confirmadas até 07 de agosto e para inscrições conjuntas no workshop e no seminário “Direito Autoral na Fotografia Brasileira” a ser realizado no dia 31 de agosto. Para maiores informações sobre o seminário, clique aqui)

Inscrições confirmadas até 07 de agosto:
• Associado Fototech:
o Inscrição apenas no workshop : R$ 230,00
o Inscrição no workshop + seminário : R$ 270,00
o Inscrição no workshop (associado já inscrito no seminário): R$ 190,00
• Público em geral:
o Inscrição apenas no workshop : R$ 340,00
o Inscrição no workshop + seminário : R$ 400,00
o Inscrição no workshop (público já inscrito no seminário): R$ 280,00

Inscrições após 07 de agosto: (somente para o workshop)
• Associado Fototech: R$ 270,00
• Público em geral: R$ 400,00

Observação: As inscrições para os interessados em participar do seminário “Direito Autoral na Fotografia Brasileira” prosseguirão após o dia 07 de agosto, mas serão realizadas separadamente, a partir de ficha de inscrição própria, disponível no endereço http://www.fototech.com.br/pagina.php/216

Forma de pagamento:
À vista ou em 02 vezes sem juros, sendo 50% no ato da inscrição e 50% no primeiro dia do workshop

Carga horária: 15 horas/aula

Horários:
Dia 28/08 (sexta-feira): das 19 às 22:30hs
Dia 29/08 (sábado): das 9 às 12:30hs e das 14 às 18hs
Dia 30/08 (domingo): das 9 às 13hs

Local:
Galpão Cine Horto
Rua Pitanguí, 3613. Bairro Horto

Para inscrições e maiores informações ou dúvidas, enviem uma mensagem para minas@fototech.com.br

Seminário "Direito Autoral na Fotografia Brasileira" em Belo Horizonte (VAGAS LIMITADAS)

Você conhece a legislação brasileira de direitos autorais sobre a obra fotográfica?
Sabe diferenciar direito moral, patrimonial e direito de imagem?
Como os bancos de imagem e as agências de fotojornalismo vem trabalhando a questão da cessão do uso de imagem nos dias de hoje?
Você sabe o que é creative commons?
Sabe como trabalham os coletivos fotográficos?
Qual é a importância da formação do preço do trabalho fotográfico face o uso que será dado à imagem?

Debater temas como estes é a proposta do seminário “Direito Autoral na Fotografia Brasileira”, que a Regional/MG da Associação de Fotógrafos Fototech trará a Belo Horizonte, no dia 31 de agosto de 2009.
Importantes nomes da fotografia nacional irão se encontrar na capital mineira para tratar de um dos mais importantes temas de nosso mercado.

O seminário acontecerá no Teatro da Cidade, à Rua da Bahia 1341 (próximo ao Terminal de Conexão Rodoviária ao Aeroporto de Confins), com a seguinte programação:


* 08:30hs: Abertura

* 09hs: Os direitos autorais e a obra fotográfica no Brasil de hoje.

Palestrante: Dr. José Roberto Comodo Filho (SP), fotógrafo e advogado especialista em Direitos Autorais e sócio-proprietário da Riguardare - Scuola di Fotografia

* 10:30hs: O cenário atual para os bancos de imagem e agências de fotojornalismo.

Palestrante: Eneraldo Carneiro (RJ), fotógrafo, fundador e diretor da Agência Documenta fotojornalismo e documentação, empresa voltada para a prestação de serviços de fotografia e banco de imagens.

* 12 às 14hs: Almoço

* 14hs: Os coletivos fotográficos, autoria fotográfica e o creative commons.

Palestrantes: Leandro Caobelli (Garapa) e Pio Figueiroa (Cia de Foto) / (SP), ambos fotógrafos e integrantes de dois dos mais expressivos coletivos fotográficos brasileiros.

* 15:45hs: A formação do preço do trabalho fotográfico

Palestrante: Clicio Barroso (SP), fotógrafo e presidente da Associação de Fotógrafos Fototech

* 16:30hs: Intervalo (coffee-break)

* 17hs: Mesa-redonda e debate com os participantes do seminário

* 18:30hs: Encerramento

O seminário contará ainda com a presença de um stand da empresa DigiFlash, fabricante dos melhores equipamentos nacionais de iluminação de estúdio. Pela primeira vez em Belo Horizonte, a DigiFlash estará demonstrando seus últimos lançamentos e oferecendo seus produtos em condições especiais, exclusivas para os participantes, além de um ótimo sorteio para os mesmos ao final do evento.

Investimento para participação no seminário:
R$ 120,00 (público em geral)
R$ 80,00 (associados Fototech)

Inscrições ou maiores informações podem ser solicitadas enviando-se mensagem para o e-mail minas@fototech.com.br

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Estréia "Till", o novo espetáculo do Grupo Galpão


O Galpão retoma suas origens de teatro de rua e estreia dia 3 de julho, na Praça do Papa, o espetáculo “Till, a saga de um herói torto”. A peça foi escolhida a partir da montagem de quatro cenas realizadas em março deste ano e dirigidas por integrantes do Grupo. O campeão de preferência nas opiniões enviadas pelas pessoas que assistiram à apresentação das cenas foi a montagem realizada a partir do texto “Till Eulenspiegel”, de Luís Alberto de Abreu. Seu universo marcado pela cultura popular da Idade Média já era também um dos prediletos entre os atores do Galpão por seu caráter eminentemente popular e sua linguagem de teatro narrativo, de grande comunicação com o público .
Coerente com uma trajetória de permanente troca com o público, o Galpão convidou os interessados para acompanhar a construção do novo espetáculo de dentro do processo de montagem, realizando diversos ensaios abertos na sede do Grupo e no Galpão Cine Horto.
Com direção de Júlio Maciel, cenário e figurinos de Márcio Medina e direção musical de Ernani Maletta, o espetáculo representa a volta do Grupo Galpão ao teatro de rua e suas formas de representação popular. Para o Grupo, a rua é um espaço importante para a democratização da arte e do teatro. “Ela nos traz desafios de como apresentar o espetáculo para um público amplo e sem restrições de idade, classe social ou formação intelectual. Isso tem reflexos em todos os elementos de criação, como a dramaturgia, a cenografia, os figurinos e a música”, afirma Eduardo Moreira, integrante do Galpão.
Este será o quarto espetáculo com direção de integrantes do Grupo. O primeiro foi "Foi por Amor", com direção de Antonio Edson, em 1987. Dez anos depois, já em 1997, Eduardo Moreira dirigiu "Um Molière Imaginário". A última peça com direção interna foi "Um Trem chamado desejo", no ano de 2000, direção de Chico Pelúcio.

Till, a saga de um herói torto:

Um dia, na eternidade, o Demônio aposta com Deus que se tirasse do homem algumas qualidades, ele cairia em perdição. Deus, aceitando o desafio, resolve trazer ao mundo a alma de Till. Vivendo em uma Alemanha miserável, povoada de personagens grotescos e espertalhões, logo de início nosso protagonista é abandonado em meio ao frio e a fome e descobre que a única maneira de sobreviver naquele lugar é se tornar ainda mais esperto e enganador. Assim começa sua saga cheia de presepadas e velhacarias.
Criado pela cultura popular alemã da Idade Média, Till é o típico anti-herói cheio de artimanhas e dotado de um irresistível charme. Um personagem que tem parentesco com outros tipos de várias culturas, por exemplo, que se assemelha muito ao nosso Macunaíma ou ao ibérico Pedro Malasartes.
Além de Till e uma infinidade de rústicos personagens medievais, a peça conta também a história de três cegos andarilhos que buscam a redenção, sonhando alcançar as torres de Jerusalém e salvar o Santo Sepulcro das mãos dos infiéis.
Num mundo em que é cada vez mais marcante a presença dos excluídos e dos desprovidos de qualquer suporte material, a parábola das aventuras do anti-herói Till Eulenspiegel torna-se de uma atualidade inquietante.
A comédia popular está presente de forma muito marcante em vários espetáculos do Galpão, especialmente em “A Comédia da Esposa Muda”, “Um Molière Imaginário” e “Um Trem Chamado Desejo”.

Serviço:

“Till, a saga de um herói torto”
Direção: Júlio Maciel

Dias 3, 4 e 5 de julho
Praça do Papa
Avenida Afonso Pena, s/n

Dias 10, 11 e 12 de julho
Parque Lagoa do Nado
Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã

sexta, sábado, às 20h e domingo, às 19h

ACESSO GRATUITO

Classificação livre

Informações para o público: 31 3463-9186

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Cara Preta

A Maldita Cia. de Investigação Teatral estréia seu novo trabalho, CARA PRETA. Espetáculo que, a partir de retratos sociais, aborda fragmentos de narrativas e lugares que falam da negligência, criminalidade e sobrevivência humana. No Cara Preta, dá-se continuidade a elementos de pesquisa do grupo, tais como: a ocupação de espaços, a autoria de uma obra coletiva que afete de maneira sinestésica e reflexiva o espectador e a exploração dos pontos de vistas sobre a cena gerada pelas figuras surgidas do “mascaramento” do ator e da interação com os demais elementos da cena: luz, som, vozes e materialidades espaciais.

Atuação Lenine Martins
Direção Amaury Borges
Dramaturgia Letícia Andrade
Textos Letícia Andrade e Lenine Martins
Direção Musical Ricardo Garcia
Músico, sonoplasta e cantos Admar Fernandes
Iluminação Amaury Borges, Felipe Cosse e Juliano Coelho
Cenografia Lenine Martins, Amaury Borges e Patricia Lanari
Cenotécnica Patricia Lanari
Figurino Maldita Cia
Máscaras Lenine Martins
Costureiro Túlio Souza
Cantos Letícia Andrade
Vozes e manipulação de objetos Patrícia Lanari
Vozes e manipulação de luz Amaury Borges
Projeto Gráfico Raquel Alvarenga e Ines Linke
Fotos Guto Muniz
Produção Geral Maldita Cia
Concepção Amaury Borges, Lenine Martins e Letícia Andrade

Serviço:

16 a 31 de Maio de 2009.
Sábados e domingos, sempre às 20 horas.

Local: Gruta, espaço da Maldita Cia de
Investigação Teatral

Rua Pitangui 3.613 C Horto
(ao lado do Galpão Cine Horto)

Lotação máxima 25 lugares

Ingresso: 5,00 (meia-entrada para estudantes) e
R$ 10,00 (inteira).

Ingresso vendido no local a partir das 19 horas.

Informações: 9128-6498 ou 91383604

Patrocínio Usiminas e Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais

Apoio Galpão Cine Horto

malditacia@yahoo.com.br

Audição de bailarinos para a Mimulus Cia de Dança

A Mimulus Cia de Dança abre audição para seleção de bailarinos profissionais, do sexo masculino para fazer parte de seu corpo estável.

Os interessados devem enviar currículo para o
e-mail: mimulus@uol.com.br
ou para a
Associação Cultural Mimulus,
Rua Ituiutaba 325 – Prado
Belo Horizonte – MG
Cep. 30410.660 –
até o dia 10 de junho de 2009.

Podem se inscrever, nesta categoria, profissionais com idade entre 21 e 30 anos.

O candidato deve ter disponibilidade de horário
de segunda a sábado,
das 14 h às 18 h
e para apresentações
e eventos pré-agendados em território nacional e no exterior.

Do currículo deve constar obrigatoriamente:
o Foto
o Nome completo
o Filiação
o Endereço completo, telefones e e-mail para contato
o Número de RG, CPF e Registro Profissional
o Formação
o Experiência comprovada em Dança de Salão
o Altura, Peso e idade.
o Último salário ou rendimento.

O candidato pode acrescentar fotos e vídeos dos seus últimos trabalhos.

A data da audição será informada aos pré-selecionados através de e-mail, telefone, correio e veículos de comunicação de massa.

Da audição constarão entrevistas e testes, participação em aulas de dança e medidas da capacidade de improvisação e assimilação de trabalhos coreográficos.

Os profissionais selecionados serão avaliados por profissionais da área de dança de renome nacional.

SOBRE A MIMULUS CIA. DE DANÇA:

Ao longo de seus 17 anos, a Mimulus Cia de Dança sempre buscou a construção de uma linguagem nova e modelar. Sintonizada com as concepções contemporâneas da dança, vem se destacando nos últimos anos ao assumir os desafios do experimentalismo, valorizando o processo coletivo de criação, incentivando e promovendo a pesquisa, constituindo um vocabulário instigante e uma linguagem original que chega ao público, através de seus espetáculos, de maneira forte e arrebatadora. Plenamente inserida na diversidade e na pluralidade da cultura brasileira, possui um projeto consistente de pesquisa, embasado em suporte técnico específico. Faz escolhas coerentes, trabalha com idéias fortes e inventividade, estabelecendo o diálogo com múltiplos estilos e linguagens, gerando resultados que a colocam como centro de referência internacional.


Outras possibilidades:


A Associação Cultural Mimulus além de mantenedora da Mimulus Cia de Dança dá suporte ao Grupo Experimental, que funciona como uma incubadora de artistas para o corpo estável.

Bailarinos em formação, interessados em se profissionalizar e profissionais com menos de 21 anos podem se inscrever para participar deste grupo.

Interessados em formação psicopedagógica, visando o cargo de instrutores, ou instrutores com experiência em aulas coletivas, devem se inscrever na categoria Professor/Instrutor ou Aprendiz.

A seleção de integrantes para o Grupo Experimental e para atividades de ensino obedecem os critérios de pré-seleção de currículos, entrevistas e outros procedimentos conforme os objetivos e experiência de cada candidato.

Mais Informações e esclarecimentos: (31) 3295.5213

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Workshop "Descondicionamento do Olhar" - INSCRIÇÕES ATÉ TERÇA-FEIRA (19/05)


A Regional/MG da Associação de Fotógrafos Fototech, traz a BH nos dias 23 e 24 de maio o fotógrafo Cláudio Feijó e sua Oficina Descondicionamento do Olhar, uma oficina de desenvolvimento criativo, fotografia expressiva e linguagem imagética, indicada à estudantes ou profissionais nas áreas de fotografia, cinema, artes plásticas, design, arte-educação, arquitetura, professores e à todas as pessoas que usam o olhar como ferramenta de trabalho.

Objetivos:
Esse workshop foi desenvolvido a partir de uma experiência com o ensino de fotografia na Escola Imagem-Ação ao longo de anos. Entende-se que as técnicas de desenvolvimento artístico e expressivo se compõem de três grandes universos – o aspecto objetivo (a técnica), o aspecto subjetivo (a visão pessoal) e a interação entre os dois –, ora a técnica possibilitando o desenvolvimento da linguagem, ora a linguagem buscando e transformando o uso dessa técnica. A facilidade de se entender o aspecto objetivo, estudá-lo e comunicá-lo se contrapõe à subjetividade angustiante decorrente da dificuldade de expressão de uma visão de mundo através das técnicas artísticas. Saber o que se quer, olhar sem a contaminação dos modelos existentes, buscar dentro d'alma um olhar mais significativo e tocante, são questões essenciais do Descondicionamento do Olhar.Idealização e realização devem estar em sincronia, possibilitando, assim, uma produtividade criativa e transformadora.
O objetivo maior desse trabalho é proporcionar ao indivíduo o delicado e rico encontro com a sua própria pessoa e suas possibilidades de experimentar a sensação de regozijo ao se perceber um ser crítico e transformador em seu universo pessoal e social.

Programa:
Através de exercícios, dinâmicas e vivências (como jogos, rodas, role playings, trocas, dramatizações e técnicas de sensibilização), a oficina procura resgatar o contato direto com as sensações e emoções, recuperando nossos sentimentos suprimidos e reavendo a nossa humanidade perdida. O trabalho está voltado para a recuperação do ser consciente e a revisão dos valores internalizados e significativos que vão estreitar a relação intelecto/emoção, restituindo aos participantes um instrumento de reflexão sobre a sua vocação. Os exercícios trabalharão, como estrutura básica do workshop, os seguintes itens: os canais de percepção, a transformação da expressão nas diferentes linguagens, a formação de conceitos, o pré-conceito e a intuição, a conceituação e a percepção, os estados emocionais e as distâncias, a leitura de símbolos e signos, a leitura não verbal, o ritmo e o tempo psicológico, a síntese, a ocupação do espaço, a composição e o equilíbrio etc.

Datas: 23 e 24 de maio de 2009
Formato: O workshop terá duração total de 16 horas (8 horas no sábado e 8 horas no domingo).
Horário: 9:30hs às 17:30hs (horário corrido, sem intervalo para o almoço). Cada participante deverá levar uma contribuição para um lanche coletivo que ficará à disposição de todos durante o desenvolvimento das atividades.
Investimento por participante:
R$ 350,00 para o público em geral
R$ 280,00 para membros do FotoClube BH
R$ 200,00 para associados Fototech,
Valores a serem quitados em duas parcelas, sendo a primeira no ato da inscrição e a segunda no primeiro dia do curso ou com cheque pré-datado para o dia 05 de junho.
Local: Galpão Cine Horto: Rua Pitanguí, 3613 - Bairro Horto
Informações: guto@gutomuniz.com.br
ou pelo celular: (31)9973-7341 com Guto Muniz.
Coordenação:
Claudio Feijó, é pedagogo, psicólogo clínico e fotógrafo; ex-diretor e professor da Escola de Fotografia Imagem-Ação desde 1972; tem vasta experiência na área de ensino (como professor, diretor, orientador educacional e colaborador); foi consultor técnico da Polaroid do Brasil de 1989 à 1999; tem trabalhos fotográficos na Polaroid World Collection, na Coleção Masp-Pirelli, na Fototeca Cubana, além de em diversas coleções particulares; ainda na área de fotografia, foi premiado pelo Banco Real/ Fundação Roberto Marinho e com a Bolsa Marc Ferrez/Funarte; tem coordenado a Oficina Descondicionamento do Olhar desde 1986, por todo o país, nas mais diversas áreas de atuação (corporativa, educacional e de criação); Cursos de Aperfeiçoamento - Psicologia Social nas Organizações - no Instituto Sedes Sapientiae e de Abordagem Gestáltica em Trabalhos Grupais - no Instituto Gestalt de São Paulo.
Para maiores informações sobre este e outros trabalhos do Cláudio Feijó, visitem o site www.olhar.com.br

4º Varal Fotográfico do FotoClube BH

Belo Horizonte terá exposição coletiva de 100 fotógrafos na Praça JK

O FotoClube BH, associação que agrega mais de 600 fotógrafos mineiros, promoverá pela quarta vez o seu “varal fotográfico”. O Varal é uma exposição coletiva de 1 dia, que nesta edição deverá contar com mais de 100 participantes. Tem um conceito de disseminação democrática da arte fotográfica, congregando desde fotógrafos profissionais, com larga bagagem de mercado, até fotógrafos amadores e iniciantes. Da mesma forma, procura levar as exposições fotográficas aos locais mais acessíveis para toda a população de Belo Horizonte – desta vez, a Praça JK.

O FotoClube BH

O FotoClube BH nasceu em 2006, da iniciativa de fotógrafos que buscavam compartilhar, através da internet, trabalhos fotográficos relacionados a cidade de Belo Horizonte. Com a crescente adesão de novos membros, o empreendimento migrou do mundo virtual para o real. Desde então, o FotoClube passou a organizar encontros, expedições fotográficas, cursos, oficinas e, finalmente, as três primeiras edições do Varal Fotográfico, em 2008 – duas na praça da Assembléia e uma na Praça da Liberdade.
Atualmente, o FotoClube BH está no estágio final do seu processo de regularização, que tornará possível a execução de projetos ainda mais audaciosos. O redesenho do FotoClube inclui objetivos de estabelecer parcerias com governos e empresas para oferecer treinamentos, atividades e serviços aos seus associados, bem como o desenvolver projetos que levem a arte fotografia a diversos segmentos da sociedade.

O Varal

O IV Varal Fotográfico será realizado no dia 14 de junho de 2009, na Praça JK, localizada na Avenida Bandeirantes, em Belo Horizonte. A exposição permanecerá aberta ao público das 9h às 18h e contará com um acervo de cerca de 300 imagens dos mais diversos temas. Toda a organização é feita através do trabalho voluntário dos participantes. Eles dedicam um dia do final de semana anterior para planejar os detalhes finais e fazer a montagem das fotos, num intenso e divertido trabalho de integração.

CONTATOS
Para mais informações sobre o evento, favor entrar em contato com:
Elmo Alves: (31) 9206-9040 – elmoalves@terra.com.br
Lucinha Horta: (31) 9314-9692 – lucinhahorta@gmail.com
Marcos Amend: (31) 9111-3882 – marcosamend@gmail.com

quinta-feira, 16 de abril de 2009

PEQUENOS MILAGRES - Nova Temporada

DE PEIXES E PÁSSAROS

A Companhia Suspensa estréia em BH seu novo espetáculo.
Clique aquí para ver fotos de cenas.

Primeiro vídeo clip do trabalho solo de Ricardo Koctus

“...Ele Deixa de ser conhecido, simplesmente, como “o baixista do Pato Fu” para empunhar um violão, soltar a voz e arregimentar sua faceta 100% autoral, acumulada desde o início da carreira.

Agora mais do que nunca, ele é e assina Ricardo Koctus e de próprio punho adianta: “vou plantar muitas flores, no caminho por onde eu for cada qual de uma cor e perfume pra você alegrar”. É assim que ele abre um buquê formado por 12 canções deliciosamente pop, em seu primeiro disco solo.

Não, não espere escutar, dessa vez, barulhinhos “liquidificados” do ótimo rotomusic que o projetou, com sabor de modernidade.

Koctus investe todas as forças num outro viés – o da simplicidade. E esta aparece ajudada pela crueza e pureza dos timbres de guitarra, bateria, baixo, violão, piano e teclados, tudo com uma cara essencialmente acústica e retrô. Só assim o disco consegue exalar tristeza também. Sim, porque várias canções falam de perda, solidão, fim de relacionamento (Querida, por favor; Por você e ninguém mais e Casa vazia são belos exemplos). Mas arranjos nada rebuscados, a produção “firmeza” de Carlos Eduardo Miranda (Raimundos, Mundo Livre S/A, Lobão acústico MTV, etc.) e do músico e produtor Gerson Barral (Radar Tantã, Lô Borges) não deixam que o cd desabroche em lágrimas de gosto mais piegas do que salgado...

* Terence Machado

No dia 2 de abril, foi disponibilizado em sua página, o primeiro vídeo clip deste trabalho solo.
Em 8 dias o vídeo alcançou aproximadamente 4500 visualizações.

Direção: Paloma Parentoni e Gabriel Caram
Fotografia: Gabriel Caram - www.flickr.com/photos/cuitoscope
Edição: Ricardo Koctus
Técnica: Stop Motion - 1709 fotografias utilizadas
Tempo de produção: 7 de março a 2 de abril

Em nenhum momento foi usado filmadora para se chegar no resultado final.

Todas as fotos foram feitas com uma câmera Canon Rebel XTI.

Assista - www.myspace.com/ricardokoctus

Contato/ Produção:
Paloma Parentoni
Tel: (31) 88770412
e- mail: palomaparentoni@gmail.com
www.flickr.com/photos/palomaparentoni

quarta-feira, 8 de abril de 2009

"FOTO EM PAUTA" COM ROBERTO PERA (08/04)

O importante projeto "Foto em Pauta" traz a BH nessa quarta-feira, dia 08 de abril, o fotógrafo argentino Roberto Pera, um dos editores de fotografia do jornal “Clarín”, de Buenos Aires, o jornal de maior Circulação da Argentina. Pera vai falar sobre a edição de fotografia nos veículos de imprensa.

Roberto Pera nasceu em Buenos Aires em 1954. Começou sua carreira jornalística como editor em 1975. Em 1977 ele se radicou em Roma e iniciou nova carreira na fotografia. Como fotojornalista, trabalhou seis anos na Itália, onde foi correspondente fotográfico do Jornal El Clarín, fotógrafo para a agência italiana Dossier Fotografias e publicou seus trabalhos em vários meios europeus como Paris Match, Stern, Cambio 16, El País Domingo, Epoca e L·Espresso. Entre 1985 e 1987 viveu no Rio de Janeiro, onde trabalhou como fotógrafo na revista Isto É. Antes de ingressar no grupo Clarin, em 1993, trabalhou na agência Dyn, no jornal Sur e na revista mensal Man. Atualmente, é editor de fotografia dos suplementos do jornal Clarín, em Buenos Aires. Além de fotojornalismo, Roberto Pera também tem trabalhos na área de publicidade, moda e industrial.

SERVIÇO: FOTO EM PAUTA COM ROBERTO PERA

DATA: QUARTA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2009

HORÁRIO: 19 HORAS

LOCAL: MULTIESPAÇO / OI FUTURO

ENDEREÇO: AV. AFONSO PENA 4001 - TÉRREO ENTRADA GRATUITA COM LUGARES LIMITADOS!

O projeto "Foto em Pauta" é coordenado pelo fotógrafo Eugênio Sávio.

Patrocina este encontro: Prêmio New Holland de Fotojornalismo, que vai mostrar os premiados do ano passado e informar sobre o concurso deste ano.
www.premionewholland.com.br

Apoio cultural da Plan B Comunicação Online, Centro Fotográfico e Oi Futuro.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

A PAIXÃO SEGUNDO OURO PRETO

O Grupo Galpão convida para o lançamento do DVD "A Paixão Segundo Ouro Preto", uma versão do espetáculo "A Rua da Amargura", dirigido e concebido por Gabriel Villela.

Workshop "Descondicionamento do Olhar" em BH


A Regional/MG da Associação de Fotógrafos Fototech, traz a BH nos dias 23 e 24 de maio o fotógrafo Cláudio Feijó e sua Oficina Descondicionamento do Olhar, uma oficina de desenvolvimento criativo, fotografia expressiva e linguagem imagética, indicada à estudantes ou profissionais nas áreas de fotografia, cinema, artes plásticas, design, arte-educação, arquitetura, professores e à todas as pessoas que usam o olhar como ferramenta de trabalho.

Objetivos:
Esse workshop foi desenvolvido a partir de uma experiência com o ensino de fotografia na Escola Imagem-Ação ao longo de anos. Entende-se que as técnicas de desenvolvimento artístico e expressivo se compõem de três grandes universos – o aspecto objetivo (a técnica), o aspecto subjetivo (a visão pessoal) e a interação entre os dois –, ora a técnica possibilitando o desenvolvimento da linguagem, ora a linguagem buscando e transformando o uso dessa técnica. A facilidade de se entender o aspecto objetivo, estudá-lo e comunicá-lo se contrapõe à subjetividade angustiante decorrente da dificuldade de expressão de uma visão de mundo através das técnicas artísticas. Saber o que se quer, olhar sem a contaminação dos modelos existentes, buscar dentro d'alma um olhar mais significativo e tocante, são questões essenciais do Descondicionamento do Olhar.Idealização e realização devem estar em sincronia, possibilitando, assim, uma produtividade criativa e transformadora.
O objetivo maior desse trabalho é proporcionar ao indivíduo o delicado e rico encontro com a sua própria pessoa e suas possibilidades de experimentar a sensação de regozijo ao se perceber um ser crítico e transformador em seu universo pessoal e social.

Programa:
Através de exercícios, dinâmicas e vivências (como jogos, rodas, role playings, trocas, dramatizações e técnicas de sensibilização), a oficina procura resgatar o contato direto com as sensações e emoções, recuperando nossos sentimentos suprimidos e reavendo a nossa humanidade perdida. O trabalho está voltado para a recuperação do ser consciente e a revisão dos valores internalizados e significativos que vão estreitar a relação intelecto/emoção, restituindo aos participantes um instrumento de reflexão sobre a sua vocação. Os exercícios trabalharão, como estrutura básica do workshop, os seguintes itens: os canais de percepção, a transformação da expressão nas diferentes linguagens, a formação de conceitos, o pré-conceito e a intuição, a conceituação e a percepção, os estados emocionais e as distâncias, a leitura de símbolos e signos, a leitura não verbal, o ritmo e o tempo psicológico, a síntese, a ocupação do espaço, a composição e o equilíbrio etc.

Datas: 23 e 24 de maio de 2009
Formato: O workshop terá duração total de 16 horas (8 horas no sábado e 8 horas no domingo).
Horário: 9:30hs às 17:30hs (horário corrido, sem intervalo para o almoço). Cada participante deverá levar uma contribuição para um lanche coletivo que ficará à disposição de todos durante o desenvolvimento das atividades.
Investimento por participante:
R$ 350,00 para o público em geral
R$ 280,00 para membros do FotoClube BH
R$ 200,00 para associados Fototech,
Valores a serem quitados em duas parcelas, sendo a primeira no ato da inscrição e a segunda no primeiro dia do curso.
Local: Galpão Cine Horto: Rua Pitanguí, 3613 - Bairro Horto
Número de vagas: 36
Informações: guto@gutomuniz.com.br
ou pelo celular: (31)9973-7341 com Guto Muniz.
Coordenação:
Claudio Feijó, é pedagogo, psicólogo clínico e fotógrafo; ex-diretor e professor da Escola de Fotografia Imagem-Ação desde 1972; tem vasta experiência na área de ensino (como professor, diretor, orientador educacional e colaborador); foi consultor técnico da Polaroid do Brasil de 1989 à 1999; tem trabalhos fotográficos na Polaroid World Collection, na Coleção Masp-Pirelli, na Fototeca Cubana, além de em diversas coleções particulares; ainda na área de fotografia, foi premiado pelo Banco Real/ Fundação Roberto Marinho e com a Bolsa Marc Ferrez/Funarte; tem coordenado a Oficina Descondicionamento do Olhar desde 1986, por todo o país, nas mais diversas áreas de atuação (corporativa, educacional e de criação); Cursos de Aperfeiçoamento - Psicologia Social nas Organizações - no Instituto Sedes Sapientiae e de Abordagem Gestáltica em Trabalhos Grupais - no Instituto Gestalt de São Paulo.
Para maiores informações sobre este e outros trabalhos do Cláudio Feijó, visitem o site www.olhar.com.br

quarta-feira, 25 de março de 2009

BARCO DE GELO


O Galpão Cine Horto traz ao público, entre os dias 30 de março e 05 de abril, a 17ª edição do projeto Galpão Convida. Desta vez, o convidado do Centro Cultural é o grupo XIX de teatro. Com um trabalho voltado para a pesquisa histórica, o grupo paulista mostra dois espetáculos ao público mineiro. Entre eles, está Barco de Gelo (processo criado em parceria com o grupo Espanca!/BH).
O grupo XIX esteve na cidade pela primeira vez em 2006 com seu espetáculo de estréia Hysteria que fez grande sucesso quando de suas apresentações dentro da programação do FIT BH.
Para saber a programação completa do 17º Galpão Convida, acesse o site http://www.galpaocinehorto.com.br/

OLÁ, PESSOA


Segue me cartaz até 26 de abril, o novo espetáculo da Odeon Companhia Teatral.
Para maiores informações, acessem o blog do espetáculo no endereço http://www.olapessoaodeon.blogspot.com/

sexta-feira, 20 de março de 2009

SEMINÁRIO SOBRE ILUMINAÇÃO E TRILHA SONORA PARA ESPETÁCULOS

Com Beto Bruel e Guto Gevaerd.
Responsáveis respectivamente pela iluminação e trilha sonora dos espetáculos "Avenida Dropsie" e "Não sobre o Amor", ambos da Sutil Companhia de Teatro, dirigida por Felipe Hirsch.

Venha conhecer os bastidores do espetáculo, detalhes técnicos e o método de trabalho desses premiados profissionais, com inúmeras projeção de imagens.

Esta data marcará o lançamento oficial do IBTT - Instituto Brasileiro de Tecnologia Teatral, que reúne cenógrafos, figurinistas, iluminadores e sonoplastas em atividades de estudo e pesquisa.

Teatro do Ator - Praça Roosevelt, 172 - São Paulo, SP
19h - Evento gratuito
(11) 3289-3403 - lihpe@terra.com.br

quinta-feira, 12 de março de 2009

MULHER MULHERES


Novo espetáculo da Quik Cia. de Dança estréia nos dias 14 e 15 de março no Teatro Sesiminas.
Três bailarinas, intérpretes e coreógrafas. Três mães. Um trio de mulheres que vivencia os seus próprios questionamentos e complexidades como um microcosmo da figura feminina na sociedade contemporânea. Juntas, elas atravessam um terreno de coreografias utilizando elementos simples e de forte referência, como vestidos e sapatos de salto alto coloridos.

III Bazar de Histórias

Dia 14 de março, a partir das 15 horas - Local: Sede da Cia Pierrot Lunar.
Rua Ipiranga, 137, Floresta, esquina com rua Pouso Alegre. Belo Horizonte, MG
Info: http://www.ciapierrotlunar.blogspot.com ou pelo telefone 99706521

1º Festival Nacional de Teatro Musical (Edital)

A primeira edição do Festival Nacional de Teatro Musical será realizada no Teatro Izabela Hendrix em Belo Horizonte/MG, de 04 de Julho a 02 de Agosto de 2009. O evento é uma iniciativa da Cyntilante Produções e a AMATEM – Associação Mineira de Artistas e Técnicos em Espetáculos e Musicais, em parceria com o Teatro Izabela Hendrix, para congregar artistas que investem na pesquisa e encenação de teatro musical, além de possibilitar o intercâmbio cultural de grupos, companhias e produtores independentes, estimulando a difusão e o desenvolvimento do gênero no país.
Para solicitar o edital, acesse o site http://www.cyntilante.com.br/

segunda-feira, 2 de março de 2009

Foi criado no Brasil o primeiro Instituto voltado à Tecnologia Teatral

Pessoal,
Leiam o texto abaixo e participem. Eu já estou lá!
Abraços,
Guto
---------------
O Instituto Brasileiro de Tecnologia Teatral - IBTT foi criado em 6 de dezembro de 2008 e em três meses de existência reúne mais de 400 pessoas que representam 14 estados brasileiros, para estudo, pesquisa e discussão do tema, num fórum virtual de discussão.

Passam pelo fórum diariamente assuntos sobre cenografia, figurino, iluminação e sonoplastia.

Além do fórum de discussão o IBTT mantém acervo literário sobre o tema e planeja eventos públicos para o decorrer de 2009.

Atualize-se sobre o tema e ajude o Instituto a trabalhar pelas artes cênicas.

Visite http://br.groups.yahoo.com/group/InstitutoBrasileiro/

Você irá encantar-se!

Claudia Gomes

IBTT

núcleo São Paulo

(11) 4017-5236

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Oficinão Residência 2009 - Prorrogadas as inscrições para seleção de atores

O Galpão Cine Horto prorrogou até o dia 06 de março as inscrições para novos atores para o projeto Oficinão 2009. Esse ano, o projeto de montagem selecionado é “Fome de quê?”, do ator e diretor mineiro Lenine Martins. Até o dia 06 de março, os interessados devem enviar a FICHA DE INSCRIÇÃO preenchida para o Galpão Cine Horto.
A partir daí, Lenine Martins e a coordenação do Galpão Cine Horto farão uma seleção dos currículos e, posteriormente, ministrarão a Oficina-teste, na qual serão escolhidos os novos participantes do Oficinão.
Para maiores informações, clique aquí.

Av. Pindorama, 171 - Estréia em 07 de março

“Av. Pindorama, 171” teve sua estréia no 9º Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto, onde foi escolhida pelo júri popular como melhor cena da noite e convidada para participar do primeiro “Cena-espetáculo”. O projeto, idealizado pelo Galpão Cine Horto contempla uma cena do festival com apoio logístico na montagem da peça.
Pois a peça estréia nesse mês de março, no mesmo local onde se apresentou inicialmente, ainda como uma pequena cena.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Audição para bailarino da Cia de Dança Palácio das Artes

A Cia de Dança Palácio das Artes realizará audição para preenchimento de 1 (uma) vaga para bailarino(a) no dia 07 de março de 2009, em Belo Horizonte. O período de inscrição será de 20 de fevereiro a 07 de março de 2009. O edital está disponível no site: www.palaciodasartes.com.br .
Link: http://www.palaciodasartes.com.br/conteudos/detalhes.aspx?IdCanal=17&IdMateria=498
Informações: (31) 3236-7321 ou prodanca@palaciodasartes.com.br

Fundada em 1971, a Cia. de Dança Palácio das Artes é um dos três corpos artísticos mantidos pela Fundação Clóvis Salgado e atualmente é dirigida por Cristina Machado. Sintonizada com as modernas linguagens da dança, a Companhia assume os desafios do experimentalismo, valoriza os processos de criação, incentiva e promove a pesquisa, utiliza a potencialidade criadora dos bailarinos e convida diretores e coreógrafos contemporâneos para criar obras inéditas.

Aos meus amigos da técnica!

Ontem, na apresentação dos workshops do Grupo Galpão, fui intimado a fotografar esses caras aí. Eles disseram que eu tinha que fotografá-los e colocar a foto aquí no blog. Como eu sentí que minha integridade física estava em perigo, resolví atendê-los. A única coisa que o Alexandre, o Vlad e o Helvécio não me obrigaram a fazer, mas faço com todo o prazer, é dizer que esse pessoal é 100%. E que esses caras aí, e todos os demais técnicos, cenógrafos, figurinistas, maquiadores, etc, merecem o mesmo respeito que qualquer ator que sobe ao palco para representar seu papel. Um abraço para todos vocês, do amigo Guto

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Grupo Galpão inicia criação do novo espetáculo de rua. (Público poderá participar do processo)

EXERCÍCIOS DE CENA, COM O GRUPO GALPÃO
DIAS 18 E 19 DE FEVEREIRO
QUARTA E QUINTA-FEIRA, ÀS 20H
GALPÃO CINE-HORTO – Rua Pitangui, 3613, Horto
INGRESSOS GRATUITOS – DISTRIBUIÇÃO COM 1H DE ANTECEDÊNCIA
SUJEITO A LOTAÇÃO DO TEATRO
RECOMENDÁVEL PARA MAIORES DE 14 ANOS
ASSESSORIA DE IMPRENSA GRUPO GALPÃO: 3463-9186 E 9224-4861

Quatro workshops, sob direção de atores do Grupo Galpão, serão apresentados no Galpão Cine-Horto para o público interessado em acompanhar de perto a criação de cenas e colaborar com o processo. Os exercícios fazem parte da primeira fase da montagem do novo espetáculo de rua do Grupo e serão fundamentais para a definição da peça e também do diretor.

Dia 18, quarta-feira acontece a apresentação do workshop de Inês Peixoto, com a adaptação de Sonho de Uma Noite de Verão, de William Shakespeare.
No mesmo dia, Júlio Maciel apresenta cena inspirada no texto de Luiz Alberto de Abreu, Till Eulenspiegel.
Já no dia 19, quinta-feira, será a vez do workshop inspirado na comédia grega Lisístrata, direção de Eduardo Moreira.
A última apresentação do Grupo, dirigida por Chico Pelúcio, será baseada em texto criado pelos próprios atores sobre uma trupe musical de circo-teatro.

Depois da participação do público na construção da dramaturgia de seu último espetáculo, “Pequenos Milagres”, o Galpão vai mais longe, abrindo seu processo de ensaio para o público acompanhar. As pessoas poderão contribuir por meio de preenchimento de um formulário, que será entregue no final dos workshops e que poderá ser enviado para o e-mail exerciciosdecena@grupogalpao.com.br. Posteriormente esse formulário será lido pelos atores do Galpão.

Este será o quarto espetáculo com direção interna. O primeiro, “Foi por amor”, com direção assinada por Antonio Edson, em 1987. Dez anos depois, já em 1997, Eduardo Moreira dirigiu “Um Molière Imaginário”. A última peça com direção interna foi “Um Trem Chamado Desejo”, no ano de 2002, um trabalho de Chico Pelúcio. A nova montagem do Grupo Galpão tem estreia prevista para a primeira quinzena de junho e será apresentada em uma praça pública.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

"CUBA de CHE 50 anos depois da revolução"


No próximo dia 18 de fevereiro, o fotógrafo Izan Petterle vai fazer o lançamento do seu recente livro "CUBA de CHE 50 anos depois da revolução" na Livraria Café da Travessa em Belo Horizonte.
Izan Petterle é um dos mais regulares colaboradores da revista National Geographic Brasil. Fotografa desde 1975 e colabora com importantes revistas de fotografia documental do exterior. Ele tem um blog no site da National Geographic do Brasil.


"Tudo começou em abril de 2008, quando o fotógrafo e o jornalista decidiram refazer os caminhos trilhados pelo líder guerrilheiro Ernesto Che Guevara durante a Revolução Cubana. Depois de anos pesquisando e tramando a jornada, o brasileiro encontrou no holandês o parceiro ideal para compartilhar o trabalho. Tomando como guia o
próprio diário de Che, Pasajes de la Guerra Revolucionaria, partiram, então, exatos 50 anos depois, em busca dos vestígios desse capítulo singular da História." Por Érica Rodrigues

Com certeza, vale a pena dar uma conferida!

Sessões extras de "Banheiro Feminino"

Trançando Idéias

A Companhia Produz Ação Cênica convida para o evento "Trançando Idéias", com Ítalo Mudado.

A SeráQ. Cia de Dança oferece cursos


Veja aquí fotos de Q'eu Isse, último espetáculo da SeráQ.

DE VOLTA!!!

Pessoal,
Depois de quase dez dias parado por motivo de férias (fotógrafo também é gente!!!), estou de volta com novas notícias por aquí.
Abraços e vamos em frente!
Guto

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Cocoricó-Sol! Férias na Fazenda (último fim-de-semana)



35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte.

Diretores: Iolene de Stéfano e Carloman Bonfim
Autor: Glicério Rosário
Produtor: Cia. Drástica / Viviane Rodrigues
O espetáculo conta a história de dois irmãos que vão passar férias na fazenda da tia. Por não cumprirem as tarefas escolares e perderem média, a tia decide que deverão cumprir as tarefas domésticas da fazenda para recuperarem o valor da responsabilidade, da partilha e do respeito. O galo da fazenda canta acordando a todos bem cedo.
Classificação livre
Duração: 50 min
Teatro Marília 10/01 a 01/02 • Sáb e Dom: 16h30 (exceto 11 e 18/01)

Veja aquí mais fotos do espetáculo.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Dolores


35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Coreógrafo: Jomar Mesquita
Produtor: Baby Mesquita / Mimulus Cia. de Dança
Um espetáculo de dança atrevido, no qual a Mimulus visita Dolores (das dores, das pequenas e ridículas dores). O intenso envolvimento dos bailarinos que, tomando como empréstimo músicas e cores de Almodóvar, a ambigüidade dos desejos e o limite (tênue) entre o belo e o kitsch, resulta em personagens que dançam.
Classificação 12 anos
Duração: 65 min
Palácio das Artes (Grande Teatro) 04/02 • Qua: 19h e 21h

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Congresso Internacional do Medo



3º Verão Arte Contemporânea

Data: 10, 11, 17 e 18/02
Local: Teatro Marília
Horário: 20h
Duração: 60min
Classificação: 14 anos

Em CONGRESSO INTERNACIONAL DO MEDO, convidados vindos de lugares imaginários do mundo participam de um encontro onde embasam seus conhecimentos para tentar explicar o sentimento do ‘medo’. Dentre as conclusões tiradas, a amedrontadora constatação de que somos efêmeros.

Veja aquí mais fotos do espetáculo.

Visite também o novo site da companhia: www.espanca.com

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

10º Festival de Cenas Curtas - Inscrições abertas

Fórum Social Mundial 2009 - Amazônia


Belém vai sediar a 9ª edição do Fórum Social Mundial (FSM), que será realizada entre os dias 27 de janeiro e 1º de fevereiro, em vários locais da capital do Pará. O Ministério da Cultura, por meio de suas Secretarias e instituições vinculadas, participará deste evento de âmbito internacional com uma diversificada programação de atividades.

Estarão presentes, dentre os representantes e dirigentes do MinC, o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Sérgio Mamberti; e os secretários Célio Turino e Américo Cordula, respectivamente titulares das Secretarias de Programas e Projetos Culturais (SPPC) e da Identidade e da Diversidade Cultural (SID). Além da cerimônia de abertura do Fórum, comparecem a seminários, debates, lançamentos, mostras, exposições e outras iniciativas relacionadas à area cultural.

Diversidade Cultural - No dia 30, das 8h30 às 11h30, na Universidade Federal do Pará (UFPA), a SID/MinC promoverá, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), uma mesa de diálogo com o tema Loucos pela Diversidade: da militância política à política cultural, Movimento da Luta Antimanicomial. Durante o encontro, será abordada a importância de intervir na cultura para mudar o aspecto segregador em relação a pessoas em sofrimento psíquico, sem deixar de reconhecer o papel do Estado na formulação e construção de políticas públicas. Na ocasião, também haverá o lançamento do livro Loucos pela Diversidade, da diversidade da loucura à identidade da cultura e a distribuição de mil exemplares do Relatório da Oficina Loucos pela Diversidade, realizada em agosto de 2007, no Rio de Janeiro.

Cultura Viva - A SPPC/MinC, por sua vez, apoia e participa de uma série de atividades organizadas e desenvolvidas por entidades conveniadas com o Programa Cultura Viva do MinC. Estarão representados diversos Pontos de Cultura e Pontões de Cultura: Convivência e Cultura de Paz do Instituto Polis, de São Paulo; Centro Teatro do Oprimido, do Rio de Janeiro; CDTL, de Pernambuco; dentre outros com projetos junto a crianças e adolescentes em situação de risco social e ações de resgate da cidadania, por meio da cultura.

Etnodoc - O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), por meio de sua 2ª Superitendência Regional e do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP), apresentará os documentários etnográficos sobre o patrimônio imaterial brasileiro premiados no I Etnodoc. As exibições acontecerão durante quatro dias, de 26 a 29 de janeiro, na Igreja Santo Alexandre, do Museu de Arte Sacra (Praça Dom Frei Caetano Brandão, Cidade Velha). Após a abertura, haverá uma mesa de debate com a participação dos cineastas Gavin Andrews, diretor do filme O Barco do Mestre, e Sergio Sanz, diretor de São Luis Dorme ao Som dos Tambores, e a mediação da antropóloga Luciana Carvalho, do CNFCP/Iphan. Informações sobre a mostra: (91) 4009-8817. Leia mais.

Fórum Social Mundial

Idealizado como um contraponto ao Fórum Econômico Mundial, promovido anualmente em Davos, na Suíça, o Fórum Social Mundial teve suas três primeiras edições realizadas no Brasil, em Porto Alegre, nos anos de 2001, 2002 e 2003. A partir de 2004, passou a ocorrer a alternância de cidade e a escolhida foi Mumbai, na Índia.

Em nove anos de existência, o FSM não teve muitas alterações em seu formato, mas alguns diferenciais como, por exemplo, na edição de 2006, em que os debates ocorreram, simultaneamente, em duas cidades - Caracas, na Venezuela, e Bamaki, no Mali. E, também, em 2008, quando não houve um Fórum centralizado, mas uma semana de Mobilização Global, que culminou com o Dia da Ação Global, em 26 de janeiro, data na qual representantes de entidades, movimentos e demais participantes fizeram ações, atividades, performances e convergências com temas e formas diferentes nos quatros cantos do planeta.

A escolha de Belém para sediar o FSM 2009 foi uma decisão confirmada pelo Conselho Internacional do Fórum, durante assembléia realizada em maio de 2007, em Berlim, na Alemanha. Estão previstas para esta edição mais de 2.300 atividades, sendo que a maioria dos encontros constantes da programação serão desenvolvidos nos campi das Universidades Federal do Pará (UFPA) e Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Informações: www.fsm2009amazonia.org.br.

(Marcos Agotinho, Comunicação Social/MinC)

Comunicação SID/MinC
0XX 21 3316 2129

sábado, 24 de janeiro de 2009

Campanha Bananas ao Vento (Teatro 171)

(enviado por Patrícia Diniz)

Vista a camisa!!
Dê bandeira!!
Nos Patrocine!!

Como muitos de você sabem, e para os que não sabem, a Avenida Pindorama 171, uma das cenas vencedoras de Festival de Cenas curtas do ano passado, também foi eleita no próprio festival como "Cena Espetáculo". Com a ajuda estrutural do Galpão Cine Horto, estrearemos dia 5 de março no próprio Cine Horto. Só que não fomos agraciados com nenhum prêmio de fomento e nem estamos amparados em nenhuma lei de incentivo. Principal mecanismo que move a cultura desde a década de noventa.

Daí começamos a nos perguntar: como se fazia teatro na década de oitenta?

Aquele período de abertura política, anistia geral e irrestrita, todo mundo saindo de uma censura ferrenha e querendo montar uma banda de rock nacional, lembra? Acabou que o alternativo na época levou muita coisa pra frente.

Resolvemos então, embebidos deste espírito alternativo, nesses tempos de crise (porque não aproveitar o termo já que dizem que é nela que as coisas acontecem) procurar novas alternativas de angariar fundos pro nosso espetáculo, que é tão legal.
Resolvemos vender dois espetáculos adiantadamente, para pessoas que acreditam no nosso trabalho. Alem dos dois ingressos que vc compra a 32 reais você ganha um caderno sensacional e um boton de banana, que é pra você mostrar pra todo mundo e dizer: I do believe in Teatro 171! Que você veste a nossa camisa.

E assim, nós sabemos que os tempos de hoje não são mais de se levantar bandeira por causas, isso tem se tornado um tanto escasso e démodé. Mas achamos que não perdeu de todo o seu sentido. Dá uma bandeira por nós vai...

Como homenageamos Torquato Neto com o título de nossa campanha, fechemos com ele:

Poetemos pois!!

Exposição Fotográfica "Folia de Reis"

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Aprendiz de Feiticeiro

35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Diretor: Alexandre Toledo
Autora: Maria Clara Machado
Produtor: Alexandre Toledo / Cia. da Farsa
A trama se desenrola quando um cientista é obrigado a fazer uma viagem e deixa o laboratório aos cuidados de seu assistente e sua neta que fazem a maior bagunça. Para apimentar a história, entram em cena um espião / ladrão de fórmulas e um agente de segurança muitoatrapalhado.
Classificação livre
Duração: 60 min
Teatro Izabela Hendrix 10/01 a 18/01 • Sáb e Dom: 16h30
Teatro Marília 07/02 a 08/03 • Sáb e Dom: 16h30 (exceto 21 e 22/02)

2 de Novembro

35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Diretor: Kalluh Araújo
Autor: Wesley Marchiori
Produtores: Rômulo Duque e Marísia do Prado
Um comovente reencontro de mãe e filho após 10 anos de ausências. Alegrias e emoções revividas como num
filme que retrocede para que seus personagens recuperem os silêncios que provocaram seus abismos.
Duração: 65 min
Diretor: Kalluh Araújo
Autor: Wesley Marchiori
Produtores: Rômulo Duque e Marísia do Prado

Teatro Marília 08/01 a 01/02 • Qui a Sáb: 21h / Dom: 20h
Sala Juvenal Dias 03/02 a 04/03 • Ter e Qua: 21h (exceto 24 e 25/02)
Classificação 12 anos

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Vem aí o PhototripParis

O Bureau de Moda de Belo Horizonte acaba de lançar seu mais novo projeto, o PhototripParis, uma imersão em fotografia com uma viagem a Paris, capital do berço da fotografia. Estudantes, profissionais e amantes da arte terão a chance de mergulhar nesse mundo e promover sua capacitação através do desenvolvimento do conhecimento, repertório de imagem e da linguagem do olhar.
E para acompanhar essa deliciosa viagem sensorial ao mundo das imagens, o Bureau reforçou o time com a participação do talentoso fotógrafo Weber Pádua. A 1ª edição do PhototripParis acontece de 14 a 23 de maio de 2009. E mais, no retorno da viagem, será realizada uma exposição em forma de varal fotográfico, dentro das comemorações do ano da França no Brasil.
Mais informações pelo telefone (31)3344-8090 ou no site www.flickr.com/photos/phototrip_paris.

Exposição "Pierre Verger - Andalucía 1935"

Cursos de Férias da Mimulus

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Aqueles Dois


35ª Campanha de Popularização do Teatro de da Dança de Belo Horizonte.

Diretores: Cláudio Dias, Marcelo Souza e Silva, Odilon Esteves, Rômulo Braga e Zé Walter Albinati
Autor: Cia. Luna Lunera
Produtor: Cia. Luna Lunera
Da rotina de uma repartição pública, revela-se o desenvolvimento de laços de cumplicidade e afeição entre dois de seus novos funcionários, gerando incomodo nos demais. “Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.” Criado a partir do conto homônimo de Caio Fernando Abreu.
Classificação 16 anos
Duração: 80 min Sala Juvenal Dias
Galpão Cine Horto 05/02 a 01/03 • Qui a Sáb: 21h / Dom: 20h (exceto 19/02 a 22/02)
08/01 a 01/02 • Qui a Sáb: 21h / Dom: 20h

Veja aquí mais fotos do espetáculo.

Rubros: Vestido - Bandeira - Batom

35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Diretora: Rita Clemente
Autora: Adélia Nicolete
Produtor: Companhia Bárbara
Tereza e Helô. Uma forte amizade nascida nos anos 80. Com a chegada da maturidade, as duas fazem uma reflexão sobre a vida - os bons momentos são retomados e os períodos difíceis, superados, para que um novo caminho comece. Com emoção e bom humor,
identificamo-nos com a história de Tereza e Helô. Prêmio de melhor texto e atriz coadjuvante em 2008.
Classificação 12 anos
Duração: 65 min
Teatro Dom Silvério 05/02 a 08/03 • Qui a Dom: 20h

sábado, 17 de janeiro de 2009

VAC 2009 - Programação de 17/01 a 19/01 (BH)


Ingressos à venda nos dias e locais de apresentação
Inteira R$12 / Meia R$ 6
** Entrada franca

Dia 17/01 (sábado)
+Arriscamundo (Oficinão Residência 2008 - Galpão Cine Horto) Galpão Cine Horto, 21h. Duração: 60 min. Classificação: livre.
+**Série: Objetos de Vídeo (Ronaldo Macedo Brandão e Tatu Guerra) Hall de entrada Teatro Francisco Nunes, 20h.Classificação: livre.
+**Exposição Preparatória (Bolsa Pampulha) Museu de Arte da Pampulha, das 8h às 20h.
+**Chelpa Ferro (Chelpa Ferro) Museu de Arte da Pampulha, das 8h às 20h.
+Cinema Usiminas Belas Artes Confira a programação no site: www.veraoarte.com.br.
+**Cinemas, cidades e Afetos (Associação Filmes de Quintal) - Cinema na Barragem Sta. Lúcia - 20 horas
Local: Pça da Barragem em frente à Casa do Beco, atrás da sede do campo de futebol.

Dia 18/01(domingo)
+Arriscamundo (Oficinão Residência 2008 - Galpão Cine Horto) Galpão Cine Horto, 19h. Duração: 60 min. Classificação: livre.
+**Série: Objetos de Vídeo (Ronaldo Macedo Brandão e Tatu Guerra) Hall de entrada Teatro Francisco Nunes, 20h.Classificação: livre.
+**Exposição Preparatória (Bolsa Pampulha) Museu de Arte da Pampulha, das 8h às 20h.
+**Chelpa Ferro (Chelpa Ferro) Museu de Arte da Pampulha, das 8h às 20h.
+Cinema Usiminas Belas Artes Confira a programação no site: www.veraoarte.com.br.
+**Cinemas, cidades e Afetos (Associação Filmes de Quintal) - Cinema na Barragem Sta. Lúcia
Local: Pça da Barragem em frente à Casa do Beco, atrás da sede do campo de futebol.

Dia 19/01(segunda-feira)
+**Série: Objetos de Vídeo (Ronaldo Macedo Brandão e Tatu Guerra) Hall de entrada Teatro Francisco Nunes, 20h.Classificação: livre.
+**Exposição Preparatória (Bolsa Pampulha) Museu de Arte da Pampulha, das 8h às 20h.
+**Chelpa Ferro (Chelpa Ferro) Museu de Arte da Pampulha, das 8h às 20h.
+Cinema Usiminas Belas Artes Confira a programação no site: www.veraoarte.com.br.
+**Cinemas, cidades e Afetos (Associação Filmes de Quintal) - Cinema na Barragem Sta. Lúcia
Local: Pça da Barragem em frente à Casa do Beco, atrás da sede do campo de futebol.

Mais informações:
3227-7331 / 3221-6200 / 8809-9792
ou pelo site www.veraoarte.com.br

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Novidades no Ar - Teatro de Anônimo (RJ)

O Teatro de Anônimo anuncia uma nova turma da OFICINA DE ACROBACIA AÉREA no turno da manhã, que começará em MARÇO. Será às terças e quintas, de 10 às 12h, com Angélica.

A turma de férias de ACROBACIA AÉREA do turno da noite, ainda tem vaga e já está acontecendo. Segunda e quarta, de 19 às 21h.

E tem mais, NOITES DE PARANGOLÉ, o mais novo sucesso da Lapa, está de volta logo na primeira quinta de fevereiro, dia 05, no mesmo horário e local. Para quem não conhece, vale a pena conferir e para quem conhece, prepare-se para as novidades. Uma noite divertida, com boa música, boa comida e performances incríveis no Espaço Teatro de Anônimo. A casa abre a partir 19h.

Serviço:

Oficina de Acrobacia Aérea
Segunda e Quarta de 19 às 21h
Terça e Quinta de 10 às 12h ( início em Março)
Informações: 21 2240 0930

Noites de Parangolé
A partir de 5/02
Toda quinta a casa abre às 19h e o Show começa às 20h
Valor: R$ 20,00 (inteira)
R$ 10,00 meia ou lista amiga
R$ 15,00 com filipeta
Sujeito à lotação do espaço.

Espaço Teatro de Anônimo
Rua dos Arcos,24 Lapa - RJ (Fundição Progresso)

Anônimo indica:

Cia. de Teatro UDI GRUDI
Comemorando seus 25 anos
Espetáculo: O CANO
Local: Teatro dos Quatro
Preço(s): R$ 20,00 (criança) e R$ 40,00 (adulto).
Data(s): 8 de janeiro a 15 de fevereiro de 2009.
Horário(s): Sábado e domingo, 17h.
Observações: Adulto acompanhado de criança paga meia entrada

Auto da Compadecida


35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Diretor: Alexandre Toledo
Autor: Ariano Suassuna
Produtor: Alexandre Toledo / Cia da Farsa
A história se baseia na luta que João Grilo empreende para defender seu canto, armando uma série de hilárias artimanhas que ludibriam os donos do poder na cidade de Taperoá. Como é um texto de Suassuna, o desfecho não poderia deixar de ser ético-religioso, já que o desenlace ocorre numa outra dimensão com o juízo final das personagens.
Classificação livre
Duração: 90 min
Teatro Pio XII 02/02 a 04/03 • Seg a Qua: 21h (exceto 23/02 a 25/02)
Palácio das Artes (Grande Teatro) 26/02 • Qui: 21h

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Do Tempo e da Paixão - Fragmentos Descontínuos de Frida Kahlo

35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Diretora: Dayse Belico
Autor: Juarez Dias
Produtor: Cyntilante Produções
O espetáculo propõe uma reflexão poética sobre as relações humanas e a morte, a partir do universo da pintora mexicana Frida Kahlo, uma linguagem contemporânea, que experimenta em cena o jogo entre o ator e o boneco.
Classificação 12 anos
Duração: 60 min
Espaço Cultural Minas Shopping 29/01 a 01/02 • Qui a Sáb: 21h / Dom: 19h
Teatro Marília 05/02 a 08/03 • Qui a Dom: 20h

Clique aquí para ver fotos do espetáculo.

Em Breve - Grupo Galpão na 35ª Campanha de Popularização (BH)

Os Tapetes Contadores de Histórias (Rio de Janeiro)

No próximo final de semana, o grupo "Os Tapetes Contadores de Histórias" estarão no CCBB e no Instituto Moreira Sales (RJ), além de retomar sua programação na Livraria Argumento (Copacabana e Leblon).

Dias 17 e 18 de janeiro (sábado e domingo) às 14h
Sessão de histórias antes da programação do Cineduc, com o filme “A família do futuro”.
CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66, Centro - Térreo

Dia 17 de janeiro (sábado) às 17h
Sessão de Histórias no IMS (Instituto Moreira Salles – RJ)
Rua Marquês de São Vicente, 476 - Gávea

Dia 17 de janeiro (sábado) às 10h
Sessão na Livraria Argumento
Rua Barata Ribeiro, 502 – Copacabana

Dia 18 de janeiro (domingo) às 11h
Sessão na Livraria Argumento
Rua Dias Ferreira, 417 - Leblon

www.tapetescontadores.com.br
http://br.youtube.com/caducinelli (vídeos)
21 2268-8873 / 21 8132-0468

Parque Espetacular

Em janeiro, parques de Belo Horizonte se tornam “sedes públicas” de grupos e coletivos de teatro e de circo, que realizarão apresentações e oficinas artísticas nos finais de semana, abertas a toda a comunidade.

O Parque 1.º de Maio será a sede do Grupo Parangolé , que fará oficinas de Arte Mobilização nos dias 17 e 18/01 (sáb e dom); 24 e 25/01 (sáb e dom); 29, 30 e 31/01 (qui, sex e sab), de 10 às 12h - e apresentação no dia 01/02 (dom) às 10:30.

No Parque Guilherme Lage, a Trupe Maria Cutia realiza oficinas de Brinquedos e Brincadeiras nos dias 17 e 18/01 (sáb e dom); 22, 23 e 24/01 (qui, sex e sab); 31/01 e 01/02 (sáb e dom), de 10 às 12h - e apresentação no dia 25/01 (dom) às 10:30.

O Parque das Mangabeiras recebe a TRUPE TRALHA, com oficinas de Circo nos dias 17 e 18/01 (sab e dom); 24 e 25/01 (sáb e dom); 29, 30, 31/01 (qui, sex e sab), de 10 às 12h - e uma apresentação no dia 01/02 (dom) às 10:30.

O Parque Nossa Senhora da Piedade será a sede do Teatro Terceira Margem, que realizará oficinas de Palhaço e Arte Terapia nos dias 15, 16 e 17/01 (qui, sex e sab); 24 e 25/01 (sáb e dom); 31 e 01/01 (sáb e dom) - e apresentação no dia 18/01 (dom) às 10:30.

Mais informações: 3277-9244 e www.pbh.gov.br

Esta é uma ação da Fundação de Parques em parceria com o Teatro Terceira Margem.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Audição para "A Pequena Sereia - Brodway Musical"

Zorba

35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte

Diretor: Orlando Orube
Autor: José Carlos Aragão
Produtor: Orlando OrubeNum clima de absoluta alegria e despojamento artístico, a comédia “Zorba” estréia com a proposta de
deixar o espectador feliz e com a sensação de que leva para casa um recado de alegria e esperança de que dias melhores poderão vir e isto só depende de nós. Três atores se entregam numa viagem poética, cheia de dúvidas existenciais e muito humor.
Classificação 12 anos
Duração: 70 min
Teatro SESI Contagem 15/01 a 01/02 • Qui a Sáb: 21h / Dom: 20h

Veja aquí mais fotos do espetáculo.

Banheiro Feminino

35ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte.

Diretor: Pedro Paulo Cava
Autora: Regiana Antonini
Produtor: Teatro de Pesquisa - Cia. Teatro da Cidade
Por que é que as mulheres sempre vão juntas ao banheiro? É para desvendar este mistério que nove atrizes se revezam por diversos papéis em situações hilariantes no banheiro de uma casa de shows
noturna. Segredos, confidências, intrigas, desamores, bebedeiras: tudo se mistura no Banheiro Feminino. Esta é uma comédia da vida na privada!
Classificação 12 anos
Duração: 58 min
Teatro Icbeu 12/01 a 03/02 • Seg e Ter: 19h e 21 h

Armazém Companhia de Teatro apresenta "A Inveja dos Anjos" no Rio de Janeiro


Acesse aquí o site do Armazém Companhia de Teatro.

Para ver fotos do espetáculo "Mãe Coragem e Seus Filhos" realizadas por Guto Muniz durante a participação do Armazém no FIT/BH 2008 clique aquí.